segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

nascer do sol visto da varanda - foto Paula Barros



Recife, 24 de setembro de 2007 - 5h50



Acorda
Senta na varanda
Contempla o sol que já está alto
Pensa...
Pensa no que sente
Olha o horizonte
O pensamento viaja
Fecha os olhos
Escuta com precisão os sons
O sol atrapalha a visão
O pensamento é livre, é dono de si
Ela não comanda
O sol descortina o dia
O pensamento a descortina
Voa distante
Quase tudo que pensa é um tanto quanto impossível
Pensa...
Lembra que as matérias dele mostram que o impossível não existe
O amor, o carinho de alguma forma supera tudo
O amor encontra caminhos
Muda destinos
Ela pensa.....
Inquieta-se

2 comentários:

sergio disse...

Quando acompanhamos este momento mágico de transformação diária que é o nascer ou o por-do-sol encontramos no horizonte respostas para nossos sentimentos. Olhar para o horizonte é possibilitar nossas afeições transformarem-se em energia e dispersarmos pelo mundo. Adorei esta, excelente, Bj e carinhoso abraço Paulynha!

Adri - Dri - Drika disse...

É impressionante como esses momentos de contemplação nos fazem ver as coisas de uma forma mais profunda... Bju