sábado, 31 de agosto de 2013




Dia chuvoso me liberta. Ele me deixa livre para ficar em casa, na cama, no sofá, na internet, sem a culpa que um dia de sol me lança. Um dia de sol me diz o tempo todo que eu devia sair, devia ir, devia estar em outro lugar que não seja a minha cama.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

sábado, 17 de agosto de 2013




Fotografar é eternizar momentos
É prolongar sensações
É ter a certeza que vivi e vi belos momentos
Que o que passa na imaginação pode se tornar realidade. Pode.
Que sonhos podem ser realizados. Podem.
É acreditar que somos possíveis de realizar.
É lembrar de dias felizes.
Vendo fotografias é quase como se pudesse pegar a felicidade nos braços
Ou passá-lo no corpo, ou bebê-la.
Porque às vezes duvido que já vi e vivi tantas belezas, tantos momentos felizes.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Um momento em Recife









Vendedor de sombrinhas de frevo as arrumava.
Num dia de sol lindo, era domingo na cidade do Recife.
O Marco Zero ainda aguarda a chegada do carnaval.
Local de concentração dos foliões.
Mas o vendedor incansável vende o seu produto.
Para turistas e moradores da cidade.
Ainda, ou já, é julho.
O tempo passa, ou passa a gente pelo tempo.
Já, já, é carnaval, é folia, é frevo.
É tempo de colocar máscaras, ou de tirá-las, depende.