segunda-feira, 5 de outubro de 2009

"Têm coisas que vão além de nossa compreensão, não existe reposta...
Aquela folha de plátano não voou em vão..."
 Memória de Elefante



Nova Friburgo - 09

3 comentários:

paula barros disse...

Eu também não compreendo muitas coisas. Eu que sou tão razão, me levando pelo brisa da emoção, feito um folha acariciada pelo vento...
Talvez seja necessário, para mudar a estação...para florir e dá frutos.

A alma tem estações!

Bia Maia disse...

Quando não há explicação, é sinal de que devemos continuar em frente...

Amei seu blog!

E lhe convido a visitar o meu, onde escrevo as minhas verdades, sempre OLHANDO DENTRO DOS OLHOS...

beijos com carinho,

Bia Maia

http://olhardentrodosolhos.blogspot.com

Memória de Elefante disse...

Paula!
"A alma tem estações" ...sim,tem!

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...
Mário Quintana

UM BEIJO