segunda-feira, 26 de julho de 2010


Lagoa Rodrigues de Freitas
Rio de Janeiro

7 comentários:

Eurico disse...

Tens a sensibilidade do instante nos olhos...
Lindas imagens.

Breve poderás fazer uma exposição.

Abraço.

Mai disse...

Fico pensando no que pensam os pescadores, enquanto 'remendam' suas redes...

Foi bom descobrir esse teu cantinho.

grande abraço, amiga.

BRANCAMAR disse...

Tão lindas estas imagens! Afinal as mesmas fotos com que a Paula se emociona nos nossos blogues. sobretudo nos do Walter, têm aqui também uma enorme expressão de vida nos barcos e no trabalho dos pescadores que tanto me dizem.
Apens aqui os tons são mais azuis, a água mais clara, o clima diferente.
Adorei estas imagens e venho também agradecer os comentários tão sensíveis que fez ao meu encontro com o Walter, que adorei conhecer, por ser o homem simples e bom que já sabia ser, pelo que com tanta autenticidade escreve.
Obrigada também pelas palavras que vai deixando no meu sítio e que são bem mais do que mereço, porque apenas digo o que sinto e o que sinto é tudo quanto acho que é a minha obrigação na caminhada que ainda me resta até ao final dos meus dias.

Beijinho grande para si.
Branca

aa disse...

Bonitas fotos que mostram o trabalho dos pescadores quando 'arranjam' as suas redes... assim como os seus barcos de pesca...!
Bjs,
AA

Paulo disse...

Como sempre, lindas fotos...

Olhos de Mel disse...

Paulinha; fotos maravilhosas!
Eu apenas coloquei a foto por la. Estou sem tempo para escrever e isso tem me deixado triste. Mas faz parte. Nem sempre podemos fazer o que gostamos.
Boa semana! Beijos

Uelton Gomes disse...

Fotos magníficas , eita vontade de pegar um barquinho desses e sair sem rumo procurando novos lugares, novas pessoas, quem sabe até encontrar um mundo novo?

Abraço