terça-feira, 2 de novembro de 2010

Varais em Évora - Portugal

Pelas ruas de Évora - 04.10.2010








18 comentários:

Gerusa Leal disse...

Interessantíssima a série de fotos, Paula.
abraço

José Gonçalves disse...

Olá Paula Barros,

Pelas fotos que apresentas, descobriste o outro lado do Portugal Turístico, não?

Aquele Portugal Tradicional.

Belos registos numa cidade com um valor Histórico inigualável.

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves

O Árabe disse...

Gostei, Paula. O colorido dos varais, em todos os cantos do mundo. :) Boa semana!

BRANCAMAR disse...

Que belas fotografias Paula!
Há um conterrâneo seu, o Eduardo do blog "Varal de ideias" que ia adorar, ele colecciona os mais incriveis varais.
Roupa seca ao sol tem outro perfume, o cheiro da natureza. :)
Beijinhos
Branca

Vivian disse...

...gostei das 'bandeiras'
femininas!!

rsrs

que idéia gostosa fotografar
os varais luzitanos...

adorei!

bj, querida!

Hanukká disse...

Dá uma sensação de intimidade, gosto, beijos.


E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação"

so sad disse...

eu adoro varais, acho que eles refletem a vida de quem mora no local.
beijo!

mundo azul disse...

________________________________


Gostei dessas fotos! É um documentário sobre a vida dessas pessoas...



Beijos de luz e o meu carinho!

______________________________

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!
Sei que há aí no Brasil um blog sobre esse assunto.
E até estive num jantar de blogistas, aqui em Lagos, onde foi exibido um troféu atribuído por esse blog, a um confrade do Porto.
Agora não posso precisar o endereço do blog, mas o autor é o eng. João Menéres, que aqui se deslocou com a esposa.
E havia outros vindos de Lisboa, Alentejo, etc.
Foi muito giro!

Saudações poéticas

BRANCAMAR disse...

É verdade o que diz o Vieira Calado, é precisamente o Varal de Ideias que atribui prémios a bloguistas que lhe apresentam varais especiais e o João Meneres ganhou um desses prémios.
A Paula conhecerá o João Meneres que visita muito a Myra Landau e lá verá o seu prémio.

O Varal de ideias do Eduardo é o primeiro blog da minha lista, têm que clicar na pintinha que é como um ponto final, para chegar lá, um blog de arte e de muito bom humor.
Vieram vários brasileiros de viagem cá a Portugal na altura, creio que foi um grupo do mesmo curso de Engenharia, eu conhecia um deles que já não anda tanto pela blogosfera e só mais tarde conheci o Eduardo, já depois de ter estado cá.
Ele tem varal até de violinos ou violas, já não lembro, em loja comercial e outros de toda a espécie, muitos mais no início do seu blog porque ele publica muito.
Beijinhos para ti Paula e bom fim de semana.
Branca

Aleatoriamente disse...

Bem interessante Paula.
Obrigada por ter ido lá em casa 9Aleatoriamente). Gostei da tua viisita.

Beijinho.
Fernanda.

poetaeusou . . . disse...

*
parece um estendal Nazareno,
parabens,
,
conchinhas,
,
*

Cris Tarcia disse...

Paula, lindas fotos, cheia de vida, de detalhes. Janelas, roupas, cores, cheiros, temperos.

Beijos

Espaço Aberto disse...

Fotos sensacionais!

Temos o prazer de convidar os amigos para ler a entrevista de uma jovem escritora fantástica: Sofia Duarte nos conta um pouco de sua história.

Contamos com a sua presença e comentário.

Um abraço carinhoso

tulipa disse...

É mesmo interessante a sequência destas fotos; nunca foi meu tema escolhido para fotografar!!!

Obrigada pela partilha.

Hoje amanheceu um dia melancólico pelo que a chuva produz...embora ainda não chova, mas olhando o céu a quantidade de nuvens que pairam no ar, faz adivinhar que em breve virá a chuva...

Bom domingo. Bjs.

O Profeta disse...

Sonhei com Querunbins zombeteiros
Com um Arcanjo em eterna luta com o mal
Sonhei que a chuva era o pranto dos deuses
Sonhei que o amor tem um caminho fatal

Descobri que as nuvens são carruagem de água
Que os anjos afinam as harpas de madrugada
Que as gaivotas em terra são pronuncio de borrasca
Que a razão de um justo não vale quase nada



Doce beijo

Antonio Carlos disse...

Quanta sutilea, isso é lindo.
Beijos e boa semana.

© Piedade Araújo Sol disse...

mas que ideia!

muito bonita mesmo.

um beij