segunda-feira, 26 de setembro de 2011




 

Às vezes fico pensando que o coração nem vai mais requebrar. E lá vem um som discreto, sem muito alarde, e ele entra de novo num ritmo bom. Fico observando quantos passos ele vai dar por minuto. E me perco neste compasso.


6 comentários:

Nanda Assis disse...

tudo isso pq ele toca uma musica bem romantica, q fala de amor.
jos...
b

EDER RIBEIRO disse...

É o batimento ritmico que é nato do seu coração. Bjos.

myra disse...

para mim é o "marca passos"!!!que bate seu ritmo:)))))
bjs

Carlos de Thalisson T. Vasconcelos disse...

O coração da gente... Ah, o coração da gente... Tão nosso, que permanece conosco até o fim... Ah, o coração da gente é maravilhoso.

Belo poema!

mfc disse...

Eu deixo-o bater e nem me ralo!

O Árabe disse...

Que assim continue a ser. Nada melhor do que se perder no compasso do coração. :) Boa semana!