quinta-feira, 8 de janeiro de 2015




Pontes, elos, pensamentos
Sonhos, desejos, promessas
Promessas prometidas
Pontes atravessadas

Através da ponte
Sorriso
Voz
Mãos a gesticularem

Pontes, mar, ar
Lembranças, saudades
Interior em chamas
Velas, luz, caminhos

Pontes
Via dupla
Caminhos e descaminhos
Sorrisos e interrogações
Silêncio e burburinho

Rostos, bocas
Língua, corpo santo
Pensamentos, orações
Pensamentos, pecados
Pontes
Interior, exterior
Vozes

12 comentários:

Paulo Francisco disse...

Pela ponte passamos. Cortamos caminhos.
Um beijo grande

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema, adorei

Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Penso que dentro de nós,
existem muitos Eus.
O Eu sacro e o Eu profano...
O Eu fé e o Eu cético...
O Eu amor e o Eu desamor...

Cada Eu tem a sua delícia e a sua dor.
Que as pontes que construímos
dentro de nós,
nos ensine a compreendê-los...

Que ainda haja estrelas em seu coração,
é o que deseja minha vida para a tua.

JAIRCLOPES disse...

Soneto-acróstico
À ponte

Adventício se este mundo nos parece
Tentemos ponte invés de descaminho
Rapidamente uma perspectiva cresce
Assim desnudamos um viver miudinho.

Via dupla de interrogações e sorrisos
É tal qual transpassar a vetusta ponte
Silêncio e burburinho então imprecisos
Deixam levar de carona com Caronte.

Apenas do lado de cá existirá pecado
Pensamentos voam em outra direção
Opcional, permanecer no mesmo lado.

Néscios, estabelecidos ali onde estão
Tentam as vezes explicar o desiderado
Enquanto imobilizados nalguma prisão.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, Amor e desejo são duas coisas diferentes, nem tudo que se ama se deseja, e nem tudo que se deseja se ama.
Adorei o poema.
AG

Zilani Célia disse...

OI PAULA!
TODOS TEMOS PONTES A ATRAVESSAR, ALGUMAS BEM PERIGOSAS, MAS,É POR ELAS QUE NOSSOS CAMINHOS SE MULTIPLICAM.
LINDOS E INTENSOS TEUS VERSOS.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Paulo Francisco disse...

Quando voltas a postar?
beijogrande

António Jesus Batalha disse...

Passando pela net encontrei o seu blog e li alguns poemas pois são lindos, estive também a folhear achei-o muito bom, feito com muito bom gosto.
Tenho um blog que gostava que conhecesse. O Peregrino E Servo.
PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog para o seguir também.
Que haja paz e saúde no seu lar.
Com votos de saúde e de grandes vitórias.
Sou António Batalha.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Jaime Portela disse...

Paula, gosto da tua poesia.
Mas devias continuar a escrever...
Beijos.

Paulo Francisco disse...

Adoro essa imagem.
beijogrande

Blue disse...

Voz, rosto, boca, pensamento
Silêncio e orações
Luz de velas e pecado
São os caminhos...

Beijos

Benno disse...

não é importante o destino, mas o caminho.
Benno