quarta-feira, 25 de junho de 2008

Recife, 25 de junho de 2008 21h23

Esse blog é um diário, daqueles que corremos para escrever quando sentimos necessidade de desabafar, só não tem chave.

Querido diário, hoje escrevi demais no blog de Marcelo Martins, se alguma coisa servir para ele pode acreditar que foi obra do Divino Espírito Santo, se nada servir, se ele ficar chateado comigo, que sirva para mim. De vez em quando, de quando em sempre, faço umas asneiras desse tipo, entre outras.

Sei que ele visita esse blog, e vim logo deixar o pedido de desculpas.

Minha cabeça está latejando, estou com um nó na garganta. Li algo essa semana que é ruim morrer enforcado com esse nó.

Nem escrevi no word para corrigir alguns erros, os mais graves.

Mas os erros que cometemos no dia-a-dia, não tem word que corrija. Então ou aprendemos, ou ficamos repetindo.

Já sei que qualquer dia volto lá, ou em outro blog, e vou escrever bem muito. É assim mesmo. Sou assim.

Desabafei, mas o nó continua. Acho que esqueci de tirar a gravata.

Diário, vou colocar metade da culpa no próprio Marcelo. Quem manda ele escrever de um jeito que me faz ficar pensando, refletindo, me lembrando de mim. Quem manda ele escrever uns sentimentos que eu sinto, ou já senti. E que dá vontade de escrever.

Tá certo Diário, dá próxima vez eu venho escrever aqui.

15 comentários:

Betty disse...

Paula

Só agora vi seu comentário no meu blog, e estou retribuindo a visita.

Esse post está bem interessante, é para ser lido nas entrelinhas, não é mesmo? Penso que os erros são tão importantes quanto os acertos - os dois se equivalem, e os nós que oprimem são um desafio à nossa inteligência: ou conseguimos desatá-los ou eles acabam conosco.
Viver é ir desatando nós...

Beijinho

Nanda Assis. disse...

nunca se arrependa amiga... principalmente de ter falado com o cora�o. bjoss.

sergio disse...

Marcelo deve ser homem inteligente, sensível e saberá reconhecer este momento. Abraço Paulinha

Menina do Rio disse...

Como dissestes, teu blog é teu diário sem chaves. E estou certa que o Marcelo compreende o que te levou a escrever.

Hoje é aniversario de minha filha e tem bolo lá

Beijinhos

Adri /Dri /Drika disse...

Paula, a melhor parte de cometer enganos é poder pedir desculpas... bjoka ;)

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Com é bom ler diárias...principalmente este que nos é permitido.adorei.
marthacorreaonline.blogspot.com

O Sibarita disse...

Ai Deus! E é assim, é fia? Ah, se é, então, tá bom demais... kkkkk

Desabafo é isso mais aquilo que somando tudo termina num texto de penitência... kkk

-Viu você? Não lhe disse?
-Oxente, você ta cheio de licor, é? kkk A mim você não disse nada!
-Disse não! Ah tá... esqueci mesmo, sabe comi muito queijo...
-Ô foi? Sei, sei sim! Ora se sei! Se rete não... kkkkkkk

Dona moça desculpe a demora em vir eu fui passar o São João em Aracaju.

bjs
O Sibarita

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Tive hemorragia interna, o que significa mais um dia, no mínimo, de hospital.
Beijos da Rê

Marcelo Martins disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Martins disse...

Ué?!
Só não sei de qual erro você se refere aqui.
Sempre gostei muito dos seus comentários, são todos muito carinhosos e escritos com o coração.
Você é uma daquelas raras leitoras minhas que procura entender a fundo o que eu escrevi ou quis dizer nas minhas linhas e entrelinhas.
Aprecio muito sua presença ali e sempre vou apreciar.
Quero mais é que você escreva muito ali,rs.
Espero que você estaja bem, não sei qual momento é esse que você atravessa e que te dá nós na garganta, mas creia que isso logo passa.
Fiquei muito surpreso e contente com me deparar aqui com um post que se refere á mim em grande parte.
Sempre bom saber que o que escrevemos serve para alguém de alguma forma.
Assim não me sinto tão inútil escrevendo.
Tá vendo? Eu também escrevi pacas aqui,rs.

Beijinhos, menina =)

Camilla. disse...

Não tem nada melhor do que desabafar no nosso blog.

Tá linkada=)

Beijo!!

Zek disse...

talves uma forma de aprender seja cometer erros novos!! assim nao ficamos repetindo, ja que a vida não tem word.

mas quem sou eu para achar alguma coisa se as vezes minha vida é "repeat" ..... de erros!!

paula barros disse...

Testando

EternaApaixonada disse...

*****

Outro espaço que me identifiquei muito, Paula!
Que bom te ler agora...
Voltarei...
Beijos

*****

Cleo disse...

Muito legal este espaço, também adorei, gostei muito de ler o que escreves, parabéns Paula.
Beijos
Cleo