quarta-feira, 16 de dezembro de 2009





Teu corpo é feito o mar
Um mar fácil de navegar
Pelo teu corpo
Sigo a rota
Onde a onda do prazer
É minha bússola
Os ventos da fantasia
Embalam meu barco
O teu farol
É o meu guia
Nas profundezas nos encontramos
Entre tantas vidas
Só a tua pulsa
Teu corpo é o meu mar
Onde mergulho
Me encontro
 
(antigo)

4 comentários:

paula barros disse...

Foto - Em Recife.

paula barros disse...

Essa foto foi batida há mais de um ano. Hoje sentei na varanda logo cedo e vi esse farol. Fazia tempo que não via ele, mesmo ele estando sempre lá.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Paulo Francisco disse...

Este texto tem brisa.