terça-feira, 6 de abril de 2010







Depois do pôr-do-sol....

Queria que o dia começasse pela noite.
À noite fico desperta.
O humor melhora.
O raciocínio funciona mais ágil.
À noite o sono fica em vigília.
As ideias acordam

2 comentários:

Le Vautour disse...

Putz, eu também... posso aderir ao seu desejo?
Ah, recebi um selinho e estou preparando um post, conferindo-o a você. Acho que até amanhã publico.
É uma forma de agradecer pela beleza do que você nos proporciona.
Abração de duas asas!

Memória de Elefante disse...

Paula!
A parte dura desta humana lida é dizer sim na hora do não,
escolher mal entre o silêncio e grito
entre a noite e a explosão do dia.

À noite o silêncio tem vozes, a vida como um pensamento flui e a escrita transborda...

Um beijo