sexta-feira, 29 de julho de 2011




Tem dias que a internet me faz rir, refletir, aprender, chorar....agora sorri, com esta frase, tão oportuna para fechar a minha semana. Embora eu não consiga exercer a santidade como gostaria e deveria.

Recebi esta frase.

"A santidade é amar quem te persegue, quem te odeia, quem fala mal de ti."
(Padre Pio de Pietrelcina)

12 comentários:

Paula Barros disse...

Mais uma semana, vencendo os obstáculos. Sem atingir a santidade, mas aprendendo a lidar com quem me persegue e fala mal de mim.

Olhos de mel disse...

Querida Paulinha, um belo post e para reflexão!
Acredito que não precisa exercer, basta saber que o que leva o outro a perseguir, odiar e falar mal, são problemas sérios que se escondem por detrás dessa máscara. Essas pessoas precisam delas para não desnudarem suas verdadeiras faces e mostrarem suas fraquezas. Muitas vezes atitudes dessas, simplesmente querem dizer: me olhe, ainda que seja pra me odiar...
É um estado de compreensão e piedade.
A imagem é linda!
Bom fim de semana! Beijos

Paula Barros disse...

Obrigada, querida.
Tento agir assim, olhar por vários ângulos, separar o que é meu, do que é do outro, mas confesso, que desgasta um pouco.

beijo

Solange Maia disse...

e vamos tentando...

no fim, é o que interessa !!!

beijo grande Paula...

selma disse...

Oi visitando seu espaço,linda frase para reflexão,quem nos ama já o temos o dif´cil é conquistar quem nos odeia e quem não nos quer bem...."odiar é uma palavra bem forte,né....estou seguindo ,,,,convido para visitar meu blog,beijos

DE MÃOS DADAS disse...

Deus é grande e justo
Passei por aqui vinda do blog do Pena.
Esta frase é linda, a da santidade.
Bom fim de semana

Fábio Martins disse...

É uma frase que dá que pensar não é?

Eduardo Miguel disse...

Nas coisas simples da vida um pouco do muito que s persegue sem perceber que ali sempre esteve, simples é assim só percebemos na falta ou no acaso de algumas! é bom te-la em visitas e palavras! obrigado e feliz felicidade sempre ou pelo menos sempre que possível se não for pedir muito em merecer! rs
Abçs

margoh werneck disse...

Um dia me disseram
Que as nuvens não eram de algodão
Sem querer eles me deram
As chaves que abrem essa prisão...

somos quem podemos ser.



beijos

BRANCAMAR disse...

O pensamento é lindo sim Paula, mas há seres que quanto mais quiseres compreender mais vontade têm de te humilhar. E isso desgaste sim, o sufociente para pensares que já não estamos na era dos mártires. Valerá a pena ser mártir? Enquanto nos desgastamos com um ser sádico muitos outros seres bons que esperam por ti e se arrastam para sobreviver ficam na fila dos nossos afectos, é o que penso e olha que eu não desisto fácilmente das pessoas, mas não quero ser "santa" desa maneira, palavra que não.

Um beijinho grande para ti, menina de alma grande.

Branca

BRANCAMAR disse...

Desculpa pelos erros, é o cansaço.
Beijinhos

Paulo Francisco disse...

Eu sou e gosto de ser um pecador.
Um beijo