sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O navio chegando...

.....vejo da varanda
24.02.12




Minha varanda é distante do sol, da lua, do oceano, das estrelas, dos navios...
O importante é que posso ver
E o zoom da máquina aproxima um pouco

Na vida tem muito mais coisas distante da minha varanda
Que os olhos não veem
Que o zoom da máquina não alcança
Mas o que importa é que eu sinto....


11 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

Sentir já é um sinal que o que os olhos não alcança possa ser possível de ser alcansável. Bjos.

O Sibarita disse...

Ô madaso! kkkk É sim... O importante é o que se sente, ainda, que da varanda não se visualize, mas, com certeza da janela ou varanda do coração a sintonia seja o objeto do desejo, do que se sente, né não? Aiaiai... kkkkk

Porreta!

E o carnaval a dona moça passou trabalhando, foi? Hummmm kkkkkkk

O Sibarita

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Uma vista privilegiada heim???

Nanda Assis disse...

o mundo distante mora dentro de nos.

bjos...

Benno disse...

minha varanda
distante de tudo
proximo do meu coraçao
Beijo
Benno

mfc disse...

E tão pouca gente sente, Paula!

. intemporal . disse...

.

.

. sentir é devir .

.

. um beijo meu .

.

.

Vivian disse...

...tantas coisas existem
que é melhor os olhos
não ver.

os meninos de rua
na praça da Sé, SP,
por exemplo.

bj, minha flor!

O Árabe disse...

Certo, Paula! É o que a gente sente, que nos permite encantadas viagens. Boa semana!

O Sibarita disse...

E ai o navio já partiu? kkkkkkkkkk

O Sibarita

Paulo Francisco disse...

Mas o coração senti...
Um beijo