quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012




Os personagens nos oferecem a possibilidade de sermos. De sermos aquele que ama. Aquele que é amado. Também podemos morrer e matar. Podemos fugir. Podemos ir e voltar. Os meus persongens, os dos outros nos possibilitam muito. Mas por enquanto estou brincando de amar e ser amada.

8 comentários:

Eurico disse...

Não há melhor brincadeira do que amar.
Divirta-se, amiga.

Não nos vimos no carnaval, né?
Não brinquei.
Uma influenza me levou pra cama. rsrsrs
Mas cá estou.
Um abraçamigo e fraterno.

EDER RIBEIRO disse...

Querida Paula, por falar em personagens e amar, cabe aí todas as possibilidades, então esbalda na brincadeira e cria histórias. Bjos.

Fernanda disse...

Brincar com o amor não sei se é boa ideia, pode acabar por sofrer...
Espero que não, pois também sei como é bom "brincar de amar".

beijinho

Nanda Assis disse...

que bom que os finais são sempre felizes.

bjos...

O Sibarita disse...

kkkkk Realmente, brincar é tão bom! kkkkkkkk

E quem sabe que não seja verdade a brincadeira? kkkkkkkkkkkkkkkk

O Sibarita

mfc disse...

Tão bom ir brincando assim...

elena nuez disse...

amazing, really love them!

myra disse...

amar é brincadeira seria e linda gostosa, maravilhosa!
beijossssssssssssssss