terça-feira, 27 de maio de 2008

Para tudo na vida precisamos de equilíbrio
Em determinados momentos
desequilibramos feio

27.05.08


7 comentários:

sergio disse...

Lendo esta frase imagino, quantos tombos um equilibrista não "toma" antes de ficar perfeito para uma apresentação. Assim também é a nossa vida e o desequilíbrio não é um equívoco e sim, uma nova maneira de encarar a vida e traçar novo caminho! abraço amiga

Adri /Dri /Drika disse...

Isso é bem verdade... Bjoka ;)

Marcelo Martins disse...

Sei bem como é isso...
O ideal é estarmos sempre equilibrados, mas obviamente caímos da corda bamba.
O segredo é levantar=se, bater a poeira e voltar para a corda.
Muitas vezes nos arranhamos na queda, mas isso faz parte do jogo.
Pretendo tatuar o símbolo do Yin-Yang em meu braço direito (o símbolo do equilíbrio) quem sabe isso me ajuda,rs.

Beijos, mocinha =)

NANDO DAMÁZIO disse...

Oi, Paula, tudo bem ??
Vim conhecer seu blog e estou convidando o pessoal para participar da Blogagem Coletiva Contra o Tabagismo, que acontecerá neste sábado, 31 de maio, que é o Dia Mundial Sem Tabaco ..
Caso queira participar, tem as informações no meu blog, o selo com o post está na coluna à direita. Caso não possa também não tem problema, mas desde já agradeço a atenção ..
Obrigado e independente da Blogagem espero que possamos manter contato, voltarei aqui mais vezes !!
Abraço, até mais !!

Vanna disse...

Querida, digo sempre q na vida tudo na vida é melhor c/ equilíbrio mas isso não nos impede d errar feio e exagerarmos em algum quesito, mas q possamos sempre voltar aos trilhos pq adrenalina em excesso cansa.

Tb aconselho q o q não nos faz bem é preciso tirar d nós, seja pessoas, sentimentos ou situações.
Bjs

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Acabei voltando à Blogosfera...com novo endereço...clica no meu comentário que vai chegar lá..

No momento ando dançando na corda bamaba..mas.eu me reequilibto...com certeza!

Beijão

O Sibarita disse...

É isso, a vida equilibrista, por vêzes, num fio de navalha... kkkkk

O equilibrio ou não são as escolhas!

Valha-me Deus! kkkk

bjs
O Sibarita